quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Jacqueline leva projeto esportivo para colégio estadual em Caxias

ATUALIZADO em 23/09/2014

ASSISTA o vídeo do lançamento do projeto clicando no hipertexto a seguir: FOXSPORT


Atualização em 18/09/2014

O blog APROVAÇÃO AUTOMÁTICA
Mauricio Figueiredo é jornalista especializado em Educação e Recursos Humanos publicou a noticia abaixo

Jacqueline leva projeto esportivo para colégio estadual em Caxias

Jacqueline Silva contribui para educação esportiva de alunos
Fotos:Marcia Costa / Seeduc-RJ.
‘Atletas Inteligentes’ já é sucesso no CIEP Professora Laís Martins
A campeã olímpica e ex-jogadora de vôlei Jacqueline Silva está proporcionando novos aprendizados, que vão além da sala de aula, para alunos do Ciep 340 - Professora Laís Martins, localizado em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Fruto de parceria firmada entre a Secretaria de Estado de Educação e o Instituto Jackie Silva, a unidade escolar é a primeira no Estado a receber o projeto ‘Atletas Inteligentes’. Antes, as aulas aconteciam somente em praças públicas. A proposta não tem custa para a Seeduc.
De segunda a quarta-feira, cerca de 70 alunos participam das aulas de vôlei promovidas pelo Instituto. Os estudantes são divididos em turmas e os treinos acontecem sempre nos contraturnos (manhã/tarde), para não prejudicar as atividades curriculares da escola. O projeto também é aberto para os demais adolescentes e jovens da região, que precisam atender a alguns requisitos básicos, como: ter interesse pelo esporte, ser aplicado nos estudos e ter idade mínima de 12 anos.
Para Jacqueline Silva, a escola é o ambiente ideal para incentivo ao esporte.
- O início de tudo é no colégio, é onde construímos a base dos futuros profissionais. Acredito que esse seja o caminho correto, aliando o esporte à educação e fazendo com que a escola seja o ponto de partida para o desenvolvimento social -, comentou.
A atleta ainda explica como se deu a escolha da unidade escolar para colocar em prática a iniciativa.
- Eu sempre tive vontade de levar o esporte para dentro das escolas. Caxias é uma área muito rica em indústrias e é aqui onde estão localizados os incentivadores do projeto. Visitei vários colégios na região, mas tive uma grande identificação com o Ciep  -, destacou.
De acordo com a diretora da unidade escolar, Palmira de Jesus Joaquim, o projeto já traz resultados positivos.
- Mesmo sendo uma parceria recente, iniciada no mês de abril, é visível a mudança no rendimento dos estudantes. Como a equipe da Jacqueline acompanha as notas, eles estão se dedicando muito mais. Também percebemos que está acontecendo uma mudança na autoestima e no comportamento. Os alunos estão mais disciplinados e responsáveis -, ressaltou Palmira, que está há 20 anos à frente da unidade escolar.
Comemorando a realização do sonho, a estudante Mayara da Silva Amorim, 15 anos, aluna da 1º série do Ensino Médio, adianta que vai se dedicar ao máximo para seguir essa carreira.
- Sempre foi meu sonho ser jogadora de vôlei. Nunca imaginei que fosse ter aulas com a equipe da Jacqueline. É difícil acreditar que não é um sonho. Estou me esforçando ao máximo para me destacar e seguir como jogadora profissional -, sorriu.
O projeto ‘Atletas Inteligentes’ também recebe o apoio das empresas Masan, Milano, Frescatto e Furnas.

Jacqueline leva projeto esportivo para colégio estadual em Caxias

Atualizado em 24/09/2014 


Assista a matéria gravada clicando a seguir na internet pela FOXSPORT em 17/09/2014

Atualização em 18/09/2014

O blog APROVAÇÃO AUTOMÁTICA
Mauricio Figueiredo é jornalista especializado em Educação e Recursos Humanos publicou a noticia abaixo

Jacqueline leva projeto esportivo para colégio estadual em Caxias

Jacqueline Silva contribui para educação esportiva de alunos
Fotos:Marcia Costa / Seeduc-RJ.
‘Atletas Inteligentes’ já é sucesso no CIEP Professora Laís Martins
A campeã olímpica e ex-jogadora de vôlei Jacqueline Silva está proporcionando novos aprendizados, que vão além da sala de aula, para alunos do Ciep 340 - Professora Laís Martins, localizado em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Fruto de parceria firmada entre a Secretaria de Estado de Educação e o Instituto Jackie Silva, a unidade escolar é a primeira no Estado a receber o projeto ‘Atletas Inteligentes’. Antes, as aulas aconteciam somente em praças públicas. A proposta não tem custa para a Seeduc.
De segunda a quarta-feira, cerca de 70 alunos participam das aulas de vôlei promovidas pelo Instituto. Os estudantes são divididos em turmas e os treinos acontecem sempre nos contraturnos (manhã/tarde), para não prejudicar as atividades curriculares da escola. O projeto também é aberto para os demais adolescentes e jovens da região, que precisam atender a alguns requisitos básicos, como: ter interesse pelo esporte, ser aplicado nos estudos e ter idade mínima de 12 anos.
Para Jacqueline Silva, a escola é o ambiente ideal para incentivo ao esporte.
- O início de tudo é no colégio, é onde construímos a base dos futuros profissionais. Acredito que esse seja o caminho correto, aliando o esporte à educação e fazendo com que a escola seja o ponto de partida para o desenvolvimento social -, comentou.
A atleta ainda explica como se deu a escolha da unidade escolar para colocar em prática a iniciativa.
- Eu sempre tive vontade de levar o esporte para dentro das escolas. Caxias é uma área muito rica em indústrias e é aqui onde estão localizados os incentivadores do projeto. Visitei vários colégios na região, mas tive uma grande identificação com o Ciep  -, destacou.
De acordo com a diretora da unidade escolar, Palmira de Jesus Joaquim, o projeto já traz resultados positivos.
- Mesmo sendo uma parceria recente, iniciada no mês de abril, é visível a mudança no rendimento dos estudantes. Como a equipe da Jacqueline acompanha as notas, eles estão se dedicando muito mais. Também percebemos que está acontecendo uma mudança na autoestima e no comportamento. Os alunos estão mais disciplinados e responsáveis -, ressaltou Palmira, que está há 20 anos à frente da unidade escolar.
Comemorando a realização do sonho, a estudante Mayara da Silva Amorim, 15 anos, aluna da 1º série do Ensino Médio, adianta que vai se dedicar ao máximo para seguir essa carreira.
- Sempre foi meu sonho ser jogadora de vôlei. Nunca imaginei que fosse ter aulas com a equipe da Jacqueline. É difícil acreditar que não é um sonho. Estou me esforçando ao máximo para me destacar e seguir como jogadora profissional -, sorriu.
O projeto ‘Atletas Inteligentes’ também recebe o apoio das empresas Masan, Milano, Frescatto e Furnas.

sábado, 22 de agosto de 2009

Sábado agora é dia útil

Para compensar as férias prolongadas por causa da gripe A, nosssos alunos acordaram  cedo e vieram cumprir,
por determinação da Secretaria Estadual de Educação,o primeiro dia de reposição às aulas.A frequência chegou a 80% e analisamos como um saldo positivo.Até dezembro cumpriremos o calendário,para isso teremos
que repor mais sete sábados

Projeto Negras Raízes - 2008 - Profª Márcia Campos

B'boys - Nego Drama

Projeto Negras Raízes - 2008 - Profª Márcia Campos

Apresentção Maracatu


sábado, 15 de agosto de 2009

Vídeos Educativos do Ministério da Saúde

video





video
Tira-dúvidas sobre a nova gripe:
Contribuição do Prof. Rodrigo de História

PERGUNTA

RESPOSTA

1.-

Quanto tempo dura vivo o vírus suíno numa maçaneta ou superfície lisa?

Até 10 horas.

2. -

Quão útil é o álcool em gel para limpar-se as mãos?

Torna o vírus inativo e o mata.

3.-

Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus?

A via aérea não é a mais efetiva para a transmissão do vírus, o fator mais importante para que se instale o vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos) o vírus não voa e não alcança mais de um metro de distancia.

4.-

É fácil contagiar-se em aviões?

Não, é um meio pouco propício para ser contagiado.

5.-

Como posso evitar contagiar-me?

Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não estar com gente doente. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.

6.-

Qual é o período de incubação do vírus?

Em média de 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase imediatamente.

7.-

Quando se deve começar a tomar o remédio?

Dentro das 72 horas os prognósticos são muito bons, a melhora é de 100%

8.-

De que forma o vírus entra no corpo?

Por contato ao dar a mão ou beijar-se no rosto e pelo nariz, boca e olhos.

9.-

O vírus é mortal?

Não, o que ocasiona a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é a pneumonia.

10.-

Que riscos têm os familiares de pessoas que faleceram?

Podem ser portadores e formar uma rede de transmissão.

11.-

A água de tanques ou caixas de água transmite o vírus?

Não porque contém químicos e está clorada

12.-

O que faz o vírus quando provoca a morte?

Uma série de reações como deficiência respiratória, a pneumonia severa é o que ocasiona a morte.

13.-

Quando se inicia o contagio, antes dos sintomas ou até que se apresentem?

Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas.

14.-

Qual é a probabilidade de recair com a mesma doença?

De 0%, porque fica-se imune ao vírus suíno.

15.-

Onde encontra-se o vírus no ambiente?

Quando uma pessoa portadora espirra ou tosse, o virus pode ficar nas superfícies lisas como maçanetas, dinheiro, papel, documentos, sempre que houver umidade. Já que não será esterilizado o ambiente se recomenda extremar a higiene das mãos.

17.-

O vírus ataca mais às pessoas asmáticas?

Sim, são pacientes mais suscetíveis, mas ao tratar-se de um novo germe todos somos igualmente suscetíveis.

18.-

Qual é a população que está atacando este vírus?

De 20 a 50 anos de idade.

19.-

É útil a máscara para cobrir a boca?

Existem alguns de maior qualidade que outros, mas se você não está doente é pior, porque os vírus pelo seu tamanho o atravessam como se este não existisse e ao usar a máscara, cria-se na zona entre o nariz e a boca um microclima úmido próprio ao desenvolvimento viral: mas se você já está infectado use-o para não infectar aos demais, apesar de que é relativamente eficaz.

20.-

Posso fazer exercício ao ar livre?

Sim, o vírus não anda no ar nem tem asas.

21.-

Serve para algo tomar Vitamina C?

Não serve para nada para prevenir o contagio deste vírus, mas ajuda a resistir seu ataque.

22.-

Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?

A salvo não esta ninguém, o que ajuda é a higiene dentro de lar, escritórios, utensílios e não ir a lugares públicos.

23.-

O virus se move?

Não, o vírus não tem nem patas nem asas, a pessoa é quem o coloca dentro do organismo.

24.-

Os mascotes contagiam o vírus?

Este vírus não, provavelmente contagiem outro tipo de vírus.

25.-

Se vou ao velório de alguém que morreu desse vírus posso me contagiar?

Não.

26.-

Qual é o risco das mulheres grávidas com este vírus?

As mulheres grávidas têm o mesmo risco mas por dois, podem tomar os antivirais mas em caso de de contagio e com estrito controle médico.

27.-

O feto pode ter lesões se uma mulher grávida se contagia com este vírus?

Não sabemos que estragos possa fazer no processo, já que é um vírus novo.

28.-

Posso tomar acido acetilsalicílico (aspirina)?

Não é recomendável, pode ocasionar outras doenças, a menos que você tenha prescrição por problemas coronários, nesse caso siga tomado.

29.-

Serve para algo tomar antivirales antes dos síntomas?

Não serve para nada.

30.-

As pessoas com AIDS, diabetes, câncer, etc., podem ter maiores complicações que uma pessoa sadia se contagiam com o vírus?

SIM.

31.-

Uma gripe convencional forte pode se converter em influenza?

NAO.

32.-

O que mata o vírus?

O sol, mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão, os antivirais, álcool em gel.

33.-

O que fazem nos hospitais para evitar contágios a outros doentes que não têm o vírus?

O isolamento.

34.-

O álcool em gel é efetivo?

SIM, muito efetivo.

35.-

Se estou vacinado contra a influenza estacional sou inócuo a este vírus?

Não serve para nada, ainda não existe vacina para este vírus.

36.-

Este vírus está sob controle?

Não totalmente, mas estão tomando medidas agressivas de contenção.

37.-

O que significa passar de alerta 4 a alerta 5?

A fase 4 não faz as coisas diferentes da fase 5, significa que o vírus se propagou de Pessoa a Pessoa em mais de 2 países; e fase 6 é que se propagou em mais de 3 países.

38.-

Aquele que se infectou deste vírus e se curou, fica imune?

SIM.

39.-

As crianças com tosse e gripe têm influenza?

É pouco provável, pois as crianças são pouco afetadas.

40.-

Medidas que as pessoas que trabalham devam tomar?

Lavar-se as mãos muitas vezes ao dia.

41.-

Posso me contagiar ao ar livre?

Se há pessoas infectadas e que tosam e/ou espirre perto pode acontecer, mas a via aérea é um meio de pouco contágio.

42.-

Pode-se comer carne de porco?

SIM pode e não há nenhum risco de contágio.

43.-

Qual é o fator determinante para saber que o vírus já está controlado?

Ainda que se controle a epidemia agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode voltar e ainda não haverá uma vacina.